Investigação Confirmatória – Como Funciona e Quais Suas Vantagens

A Investigação Confirmatória é uma etapa essencial no processo de gerenciamento de áreas contaminadas e deve ser iniciada logo após a suspeita de contaminação, apontada por uma Avaliação Preliminar. Nesse segundo momento, são realizadas análises mais aprofundadas, que confirmarão ou negarão a existência de passivos ambientais no local.

Além de comprovar a existência de contaminação, as pesquisas identificam o nível de comprometimento da região, bem como quais elementos agressores provocaram o impacto ambiental. As informações são fundamentais, tanto para a definição de como deverá ser feito o processo de recuperação da área, quanto como direcionamento das ações dos órgãos de controle ambiental.

Mas antes de compreender como é feita a Investigação Confirmatória, saiba mais sobre o que são essas áreas consideradas contaminadas, bem como os riscos que representam para a toda a comunidade.

Áreas contaminadas: por que representam perigo?

Toda a área, terreno, local, instalação, edificação ou benfeitoria que apresente concentrações de substâncias ou resíduos que, de alguma forma, trazem prejuízos à saúde humana ou ao meio ambiente é considerada uma área contaminada. A definição é do Ministério do Meio Ambiente.

As substâncias contaminantes concentram-se no solo e em outras superfícies, e propagam-se pelo ar e águas subterrâneas, modificando suas propriedades. Além das perdas para o meio ambiente, o consumo desses recursos naturais contaminados pode trazer graves consequências para o ser humano e os animais.

Não é à toa que o gerenciamento de áreas contaminadas está previsto em Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), com foco na prevenção da contaminação do solo e seus desdobramentos – normatização que completa dez anos em dezembro de 2019.

Como é feita a Investigação Confirmatória?

Após a aprovação do relatório de Avaliação Preliminar por parte do órgão ambiental, usa-se como base o Plano de Investigação Confirmatória, elaborado nesta primeira fase, para dar início à próxima etapa do Gerenciamento de Áreas Contaminadas, a Investigação Confirmatória de Passivo Ambiental.

A Investigação Confirmatória consiste em análises de amostras do solo, vapores do solo, água superficial e água subterrânea para verificação da existência de passivos ambientais e o nível em que se encontram. Para a amostragem, fazem parte do processo as sondagens e instalação de poços de monitoramento.

Além disso, são realizadas diversas atividades e análises, como georreferenciamento e representação do perfil de cada sondagem, análise da geologia, pedologia, hidrogeologia do local, descrição detalhada dos poços de monitoramento e das sondagens realizadas, mapa potenciométrico, elaboração de planta com a localização das áreas fonte e com indícios de contaminação, laudos analíticos, cadeias de custódia, registro fotográfico dos serviços de campo e outras atividades que são determinantes para os resultados finais do estudo ambiental.

Após as pesquisas, os dados levantados serão inseridos em um relatório, que apontará para a confirmação ou não da presença de substâncias nocivas na região analisada. Em caso positivo, a área deverá passar por procedimentos de Investigação Detalhada. Os passos seguintes são a Avaliação de Riscos e Plano de Intervenção.

A importância do acompanhamento especializado

Além de identificar os níveis de contaminação, a Investigação Confirmatória estabelece as diretrizes que levam a novos estudos que fazem parte dos processos de reabilitação das áreas contaminadas e vão determinar as melhores soluções para recuperar a área degradada.

Além de zelar pelo meio ambiente e garantir a preservação da vida, o gerenciamento de áreas contaminadas evita uma série de problemas junto aos órgãos de controle ambientais.

Por isso é importante contar com engenheiros ambientais e outros profissionais qualificados que sejam realmente capazes de executar análises objetivas. O domínio das técnicas e o amplo conhecimento dos processos são fundamentais para resultados precisos e conclusões que garantirão a eficácia das outras etapas de gerenciamento dessas áreas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fechar Menu